1. (Pucrs 2008)  O eco é o fenômeno que ocorre quando um som emitido e seu reflexo em um anteparo são percebidos por uma pessoa com um intervalo de tempo que permite ao cérebro distingui-los como sons diferentes.

Para que se perceba o eco de um som no ar, no qual a velocidade de propagação é de 340 m/s, é necessário que haja uma distância de 17,0 m entre a fonte e o anteparo. Na água, em que a velocidade de propagação do som é de 1.600m/s, essa distância precisa ser de:

a) 34,0 m

b) 60,0 m

c) 80,0 m

d) 160,0 m

e) 320,0 m

2. (Fuvest 2009)  Marta e Pedro combinaram encontrar-se em certo ponto de uma autoestrada plana, para seguirem viagem juntos. Marta, ao passar pelo marco zero da estrada, constatou que, mantendo uma velocidade média de 80 km/h, chegaria na hora certa ao ponto de encontro combinado. No entanto, quando ela já estava no marco do quilômetro 10, ficou sabendo que Pedro tinha se atrasado e, só então, estava passando pelo marco zero, pretendendo continuar sua viagem a uma velocidade média de 100 km/h. Mantendo essas velocidades, seria previsível que os dois amigos se encontrassem próximos a um marco da estrada com indicação de

a) km 20

b) km 30

c) km 40

d) km 50

e) km 60

3. (Uerj 2010)  Um foguete persegue um avião, ambos com velocidades constantes e mesma direção. Enquanto o foguete percorre 4,0 km, o avião percorre apenas 1,0 km. Admita que, em um instante t1, a distância entre eles é de 4,0 km e que, no instante t2, o foguete alcança o avião. No intervalo de tempo t2 – t1, a distância percorrida pelo foguete, em quilômetros, corresponde aproximadamente a:

a) 4,7

b) 5,3

c) 6,2

d) 8,6

4. (Udesc 2010)  Dois caminhões deslocam-se com velocidade uniforme, em sentidos contrários, numa rodovia de mão dupla. A velocidade do primeiro caminhão e a do segundo, em relação à rodovia, são iguais a 40 km/h e 50 km/h, respectivamente. Um caroneiro, no primeiro caminhão, verificou que o segundo caminhão levou apenas 1,0 s para passar por ele. O comprimento do segundo caminhão e a velocidade dele em relação ao caroneiro mencionado são, respectivamente, iguais a:

a) 25 m e 90 km/h

b) 2,8 m e 10 km/h

c) 4,0 m e 25 m/s

d) 28 m e 10 m/s

e) 14 m e 50 km/h

5. (Ufpr 2010)  Segundo o grande cientista Galileu Galilei, todos os movimentos descritos na cinemática são observados na natureza na forma de composição desses movimentos. Assim, se um pequeno barco sobe o rio Guaraguaçu, em Pontal do Paraná, com velocidade de 12 km/h e desce o mesmo rio com velocidade de 20 km/h, a velocidade própria do barco e a velocidade da correnteza serão, respectivamente:

a) 18 km/h e 2 km/h.

b) 17 km/h e 3 km/h.

c) 16 km/h e 4 km/h.

d) 15 km/h e 5 km/h.

e) 19 km/h e 1 km/h.

6. (Unimontes 2011)  Um motorista apressado passa em alta velocidade por uma base da Polícia Rodoviária, com velocidade constante de módulo v. Dez segundos depois, uma viatura parte em perseguição desse carro e o alcança nos próximos 30 segundos. A velocidade escalar média da viatura, em todo o percurso, será de

a) v

b) 4v/3

c) 2v/3

d) 5v/3

7. (Ifsul 2011)  Se um corpo se desloca em movimento uniforme, é correto afirmar-se que ele, com certeza,

a) tem vetor aceleração nulo.

b) encontra-se em MRU.

c) percorre distâncias iguais em intervalos de tempos iguais.

d) possui velocidade vetorial constante.

8. (Epcar 2011)  Dois automóveis A e B encontram-se estacionados paralelamente ao marco zero de uma estrada. Em um dado instante, o automóvel A parte, movimentando-se com velocidade escalar constante = 80 km/h. Depois de certo intervalo de tempo, , o automóvel B parte no encalço de A com velocidade escalar constante = 100 km/h. Após 2 h de viagem, o motorista de A verifica que B se encontra 10 km atrás e conclui que o intervalo , em que o motorista B ainda permaneceu estacionado, em horas, é igual a

a) 0,25

b) 0,50

c) 1,00

d) 4,00

9. (G1 – ifsp 2012)  Em um trecho retilíneo de estrada, dois veículos, A e B, mantêm velocidades constantes VA=14 m/s e VB=54 km/h Sobre os movimentos desses veículos, pode-se afirmar que:

a) ambos apresentam a mesma velocidade escalar.

b) mantidas essas velocidades, A não conseguirá ultrapassar B.

c) A está mais rápido do que B.

d) a cada segundo que passa, A fica dois metros mais distante de B.

e) depois de 40 s A terá ultrapassado B.

10. (Uespi 2012)  Um motorista em seu automóvel deseja ir do ponto A ao ponto B de uma grande cidade (ver figura). O triângulo ABC é retângulo, com os catetos AC e CB de comprimentos 3 km e 4 km, respectivamente. O Departamento de Trânsito da cidade informa que as respectivas velocidades médias nos trechos AB e ACB valem 15 km/h e 21 km/h. Nessa situação, podemos concluir que o motorista:

a) chegará 20 min mais cedo se for pelo caminho direto AB.

b) chegará 10 min mais cedo se for pelo caminho direto AB.

c) gastará o mesmo tempo para ir pelo percurso AB ou pelo percurso ACB.

d) chegará 10 min mais cedo se for pelo caminho ACB.

e) chegará 20 min mais cedo se for pelo caminho ACB.

 

Gabarito

1-C

2-D

3-B

4-A

5-C

6-B

7-C

8-B

9-B

10-C